Jornada EISE: De Produtos para Serviços E01

O primeiro módulo da Jornada é ‘De Produtos para Serviços’. Fomos separados em 4 grandes grupos. Cada grupo deveria trazer achados de um período da Pré-Revolução Industrial a Hoje. E no encontro de quarta montamos juntos o quadro dos períodos de Pré e de Revolução Industrial.

O módulo ‘De Produtos para Serviços’ tem como facilitadores o Tennyson Pinheiro e o Luis Alt da live|work. Os dois tem histórias muito legais.

Meus achados foram sobre a vida cotidiana no período da Revolução na Inglaterra – eu tinha o curinga sobre a Revolução Industrial e assim poderia escolher o que quisesse. As primeiras perguntas foram: Como viviam as pessoas nessa época? Como era a vida nas cidades que estavam nascendo ou sendo remodeladas. Lembrei logo de alguns seriados da BBC das obras de Jane Austen que retratam um período anterior à Revolução e era disso que eu queria saber. Achei um site incrível – também BBC, né?! Vale muita à pena visitar: BBC History. Lá, há textos sobre a explosão de Londres, o trabalho e papel feminino, o entretenimento e a euforia nas cidades etc.

Fechando a quarta feira, depois do mergulho nesses períodos fizemos um exercício em grupo em que deveríamos criar um serviço a partir da identificação de alguma oportunidade sem o uso de tecnologia de agora – não poderíamos criar a internet em 1890, por exemplo. Criado o serviço, tínhamos que dizer o que ele era e 3 momentos do mesmo nessas fichinhas (já, já, posto o pdf delas). O resultado foi incrível, muito divertido. Em 40 minutos foram criados quatro serviços super pertinentes.

O meu grupo pensou em um cara que era uma central de informação para os vilarejos. Ele explorava a região para levantar informações relevantes sobre a colheita, profissionais de cada propriedade, caminhos e rotas. E esse cara fazia o meio de campo entre as pessoas que iriam fazer suas compras e trocas, prestar serviços e nessa ele ganhava uma participação.

Anúncios
Standard

Jornada EISE

Na segunda dia 30 de julho começei na primeira turma da Jornada da EISE. Me interessei pela experiência por muitos motivos. Um deles é a oportunidade de voltar a estudar, ler mais sobre Design e questionar. É quase um “revival” daquela euforia de quando era estudante na Esdi. Agora com outras e mais vivências acumuladas, perguntas mais complexas e uma visão diferente mas o mesmo amor pelo que faço e acredito como minha contribuição [nesse mundinho ;)].

A Jornada também será uma boa para colocar o plano do blog em prática. Quero compilar os encontros em posts. Uma outra ideia é guardar as anotações e achados interessantes.

Para variar, estou atrasada.

Bora escrever sobre o primeiro encontro pra valer que foi na última quarta. E amanhã tem mais.

Standard